tempo seco

Como amenizar os prejuízos causados pelo tempo seco

Todos os anos o tempo seco gera um grande incômodo para muitas pessoas, principalmente crianças, idosos e portadores de problemas respiratórios. Mas como amenizar os prejuízos causados pela baixa umidade do ar? Entenda os efeitos dessa situação no nosso organismo e quais medidas devem ser tomadas para evitá-las ou amenizar os impactos dela.

A origem da baixa umidade

O inverno brasileiro, especificamente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, ocorre entre os meses de junho e setembro. Esse período é caracterizado pelas baixas temperaturas e por poucas chuvas. Isso resulta em um clima mais seco, que possui efeitos diretos para a saúde humana.

Nesse período, a umidade relativa do ar, que corresponde à quantidade de partículas de água presente na atmosfera, tende a ser mais baixa. Para se ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estabelece que o nível ideal de umidade que proporciona bem-estar para a população é de no mínimo 60%.

Quando esse índice está abaixo do considerado ideal, o organismo tende a sentir os efeitos da alteração. Além da menor concentração de água no ar, o tempo seco se caracteriza pelo acúmulo de poluentes e outras partículas que causam danos ao organismo.

Os efeitos do tempo seco no organismo

A baixa umidade pode causar diversos efeitos no organismo, principalmente nas vias respiratórias: sensação de ardência na garganta e nas narinas, falta de ar, tosse seca, dificuldade para engolir e sangramento nasal. Além disso, deixa as pessoas mais suscetíveis a certas doenças, como asma, rinite e sinusite.

Os olhos também tendem a sofrer os efeitos, ficando vermelhos e secos. Já a pele pode ficar ressecada e apresentar descamação, coceiras e agravamento de certas doenças, principalmente psoríase e dermatite atópica.

Como amenizar os prejuízos

A fim de evitar os efeitos ou mesmo amenizar os prejuízos causados pelo tempo seco, é importante tomar algumas medidas no dia a dia. São atitudes simples, mas que fazem a diferença para o bem-estar.

  • Tome bastante água para manter o corpo hidratado. Ela é essencial para o bom funcionamento do organismo e para manter as mucosas umedecidas.
  • Aplique soro fisiológico nas narinas várias vezes ao dia, a fim de mantê-las limpas.
  • Utilize umidificadores de ar para aumentar a concentração de partículas água no ambiente. Isso também pode ser feito com bacias de água e toalhas molhadas.
  • Evite a prática de exercícios físicos, especialmente em lugares abertos, das 10h às 16h. É o período em que a umidade do ar fica mais baixa.
  • Tome cuidado com a pele, que também sofre com a baixa umidade. Evite banhos muito quentes e use loções para mantê-la hidratada.
  • Mantenha a casa / escritório sempre limpos e arejados, evitando o acúmulo de poeira e partículas que causam problemas respiratórios.
  • Evite aglomerações, principalmente em lugares fechados, onde há pouca circulação de ar. Isso pode acentuar doenças respiratórias.

Agora você já conhece algumas dicas para amenizar os efeitos do tempo seco.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter e ficarei muito feliz em responder os seus comentários sobre esse assunto. Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como otorrinolaringologista em Governador Valadares.

Comentários
Avatar

Posted by Dr. Amim Felipe